INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Septuaginta - Zacarias - Capítulo 3

1 E o Senhor mostrou-me Josué, o sumo sacerdote, em pé diante do anjo do Senhor; e o Diabo estava à sua mão direita, para se lhe opor.
2 E o Senhor disse ao Diabo:
3 "O Senhor te repreenda, ó Diabo! sim, o Senhor que escolheu Jerusalém te repreenda. Vê! Não é este como um tição tirado do fogo?"
4 Ora, Josué, vestido de vestes sujas, estava diante do anjo.
5 E o Senhor respondeu e falou aos que estavam diante dele, dizendo: "Tirai as vestes imundas dele." E Ele lhe disse: "Eis que tenho tirado as tuas iniquidades. Vesti-o com uma túnica comprida,
6 e colocai uma mitra limpa sobre a sua cabeça." Então eles colocaram uma mitra limpa sobre a sua cabeça, e o vestiram de vestes apropriadas. E o anjo do Senhor estava ali.
7 Então o anjo do Senhor testemunhou a Josué, dizendo:
8 "Assim diz o Senhor dos exércitos: Se andares nos meus caminhos, e guardares os meus encargos, então julgarás a minha casa; e se diligentemente mantiveres o meu juízo, dar-te-ei homens para andarem no meio desses que estão aqui.
9 Ouve agora, Josué, sumo sacerdote, tu e os teus vizinhos que estão sentados diante de ti, que são profetas; pois eis que eu trago o meu servo, o Renovo.
10 Porque, quanto a pedra que pus diante da face de Josué, sobre esta pedra única estão sete olhos. Eis que Eu estou cavando uma trincheira, diz o Senhor dos Exércitos, e irei espiar toda a iniquidade desta terra num só dia.
11 Naquele dia, diz o Senhor Todo-Poderoso, haveis de convidar cada um a seu vizinho para debaixo da videira e para debaixo da figueira."

Nenhum comentário: